Centro Paula Souza
Governo de São Paulo
  • |
  • |
  • |

Pesquisar

 
 

Geoprocessamento



Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação


O que o aluno estuda

A graduação tecnológica em Geoprocessamento une computação e mapas. As disciplinas base são geografia – em especial cartografia –, matemática e estatística. O aluno também aprende a programar, por isso estuda algumas matérias dos cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Banco de Dados.


O que o profissional faz

Realiza medições, levantamentos e pesquisas para caracterizar e entender as mudanças que ocorrem em ambientais naturais ou humanos, colocando essas informações em mapas. Para elaborar o trabalho, utiliza tecnologias e recursos como imagens de satélites, fotografias aéreas, radar e GPS.

Pode atuar no mapeamento de imóveis rurais, identificando a extensão da área e sua posição geográfica com exatidão; no planejamento urbano, mapeando, por exemplo, redes de energia elétrica, redes de saneamento, bairros, parques, epidemias, crimes etc.; e em levantamento topográfico.

O profissional de geoprocessamento oferece dados para a solução dos problemas. Por exemplo, pode elaborar um mapa da localização dos tipos de crime em uma cidade para auxiliar no planejamento de segurança. Também pode mapear a incidência de doenças de modo a ajudar na prevenção e na atuação das equipes de saúde.


Onde trabalhar

Prefeituras, governos, universidades, institutos de pesquisa, empresas de construção civil e empresas especializadas. O tecnólogo também pode abrir empresa própria.


Onde Estudar
Jacareí

Talvez você possa se interessar também por

Análise e Desenvolvimento de Sistemas
Meio Ambiente e Recursos Hídricos


  • Twitter
  • Facebook
  • Tumblr
  • YouTube
  • Picasa
  • Snapchat
  • Instagram
  • Linkedin
  • Linkedin
  • Compartilhar
 

Notícias


Mais notícias


 
 

Mapa do Site Mapa do Site

© Copyright 2016 - Centro Paula Souza - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por AssCom