skip to Main Content

Emissão de Parecer Técnico

O Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, de acordo com a publicação da Deliberação CEE 105/2011, é uma das instituições credenciadas pelo Conselho Estadual de Educação, para emissão de parecer técnico, de cursos de educação profissional técnica, presencial ou a distância, de Instituições de Ensino Particulares e Municipais do Estado de São Paulo.

Preliminarmente, à solicitação de Emissão de Parecer Técnico, a Instituição de Ensino Particular deverá observar:


Deliberação CEE n.º 105/2011 e Indicação CEE n.º 108/2011

Portaria CEE/GP n.º 219/2011

Portaria CEE /GP n.º 450/2011


A Instituição de Ensino interessada em solicitar parecer técnico deve entrar em contato prévio com o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, por telefone, (11 3324-3961/3962/3965/3966), para obter informação se atendemos ou não o curso para o qual se pretende solicitar parecer técnico. Em caso afirmativo, será encaminhado à Instituição de Ensino, por e-mail, instruções e impressos, para as providências necessárias para a solicitação de parecer técnico.


LEGISLAÇÃO – PARECER TÉCNICO


Deliberação CEE 105 2011 Fixa normas para credenciamento e recredenciamento de instituições de ensino e autorização de cursos e programas de educação a distância, no ensino fundamental e médio para jovens e adultos e na educação profissional técnica de nível médio, no sistema de 
Indicação CEE 108 2011 Fixa normas para credenciamento e recredenciamento de instituições de ensino e autorização de cursos e programas de educação a distância, no ensino fundamental e médio para jovens e adultos e na educação profissional técnica de nível médio, no sistema de 
Portaria CEE/GP 219 2011 Fixar em UFESPs – Unidade Fiscal do Estado de São Paulo – o valor a ser pago pelas Instituições de Ensino para obtenção do Parecer Técnico previsto na Deliberação CEE 105/11
Portaria CEE/GP 450 2011 Cronograma com base na Deliberação CEE 105/2011, para que as escolas que oferecem cursos técnicos atualizem seus planos de curso e protocolem pedido em uma das Instituições credenciadas, nos prazos previstos e encaminhe cópia da comprovação à respectiva D
Orientações CEE 2011 Subsídios para análise do plano de curso.
Orientações CEETEPS 2013 Orientações – Capacitação a docentes do CEETEPS sobre Parecer Técnico – Prof. José Vitório Sacilotto.
Deliberação CEE 138 2016 Fixa normas para autorização de funcionamento e supervisão de estabelecimentos e cursos de educação infantil, ensino fundamental, médio e de educação profissional de nível técnico, no sistema estadual de ensino de São Paulo
Indicação CEE 8 2000 Diretrizes para implementação da educação profissional de nível técnico no sistema de ensino de São Paulo.
Lei Federal 11.788 2008 Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei n° 5.452, de 1° de maio de 1943, e a Lei n° 9.394,
de 20 de dezembro de 1996; revoga as Leis.
Cartilha Cartilha Esclarecedora sobre a Nova Lei de Estágio 11.788/2008
Deliberação CEE 87 2009 Dispõe sobre a realização de estágio supervisionado de alunos do ensino médio, da educação profissional e da educação superior e
dá providências correlatas
Deliberação CEE 97 2010 Fixa normas para credenciamento e recredenciamento de instituições de
ensino e autorização de cursos e programas de educação a distância, no ensino fundamental e médio para jovens e adultos e na educação profissional técnica de nível médio, no Sistema de Ensino do Estado de São Paulo.
Deliberação CEE 134 2015 Altera e acrescenta dispositivos à Deliberação CEE n° 97/2010, que Fixa normas para credenciamento e recredenciamento de instituições de ensino e autorização de cursos e programas de educação a distância, no ensino fundamental e médio para jovens e adulto
Portaria CEE/GP 116 2011 Representantes pelo CEE nas credenciadas
Portaria CEE 537 2011 Aprovar orientações complementares relativas aos procedimentos decorrentes da Deliberação CEE 105/2011, elaboradas pela Comissão
Especial de Conselheiros e pelo Grupo de Trabalho, com o objetivo de esclarecer as dúvidas encaminhadas pelas equipes de Super
Comunicado CEE 2011 As instituições credenciadas darão início ao atendimento para emissão de Parecer Técnico que integrará o plano de cursos técnicos, somente
para escolas interessadas em solicitar autorização inicial de funcionamento desses cursos
Deliberação CEETEPS 2 2012 Dispõe sobre a atribuição de horas-atividade específicas – HAE a docentes do CEETEPS, para emissão e validação de parecer técnico de plano de curso de educação profissional de nível médio,
conforme estabelecem a Deliberação CEE nº 105/2011 e a Indicação CEE nº 108/2011.
Resolução SEE 29 2012 Dispõe sobre a delegação de atribuições e competências.
Portaria CEE/GP 189 2012 Novo prazo para protocolo dos cursos da 1ª etapa do cronograma da Portaria 450 CEE/GP, de 10/10/2011.
Resolução CNE/CEB 6 2012 Define diretrizes curriculares nacionais para a educação profissional técnica de nível médio
Resolução CNE/CEB 1 2014 Atualiza e define novos critérios para a composição do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, disciplinando e orientando os sistemas de ensino e as instituições públicas e privadas de Educação Profissional e Tecnológica quanto à oferta de cursos técnicos de nível médio em caráter experimental, observando o disposto no art. 81 da Lei nº 9.394/96 (LDB) e nos termos do art. 19 da Resolução CNE/CEB nº 6/2012.
Catálogo Nacional de Cursos Técnicos Catálogo Nacional de Cursos Técnicos
Back To Top