Centro Paula Souza
Governo de São Paulo
  • |
  • |
  • |

Pesquisar

 
 

Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos




Mestrado em Tecnologia: Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos - Turma 2/2014
Autor: Cássio Giovanni
Título: Resíduos Químicos em Instituição de Ensino e Pesquisa na Área da Saúde: Gestão e Monitoramento
Linha de Pesquisa: Desenvolvimento Tecnológico em Sistemas Produtivos

Resumo

GIOVANNI, C. Resíduos químicos em instituição de ensino e pesquisa na área da saúde: gestão e monitoramento. 235 f. Dissertação Mestrado Profissional em Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos. Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2016.

As instituições de ensino e pesquisa na área e saúde geram grandes variedades de resíduos, os quais demandam estratégias e técnicas especiais de gerenciamento. Nessa realidade se encontram os resíduos químicos, que são classificados como perigosos quando possuem características de inflamabilidade, poder oxidante, reatividade, toxicidade, mutagenicidade, teratogenicidade, corrosividade e/ou potencial deletério para o meio ambiente.

Levando em conta o cenário e a legislação relacionados às mencionadas instituições, o presente trabalho objetivou avaliar os principais pontos críticos para o desenvolvimento, a implantação e o monitoramento de um Plano de Gerenciamento de Resíduos Químicos (PGRQ). Efetuou-se pesquisa descritiva, qualitativa e quantitativa no local de estudo, que foi o campus São Paulo da Universidade Federal de São Paulo (CSP-UNIFESP). A metodologia foi baseada na revisão da literatura, na elaboração do PGRQ, de ferramenta gerencial, de questionário e de indicadores de resíduos químicos e de educação ambiental.

Foram feitas visitas técnicas para verificação e registro das condições de infraestrutura e segurança dos laboratórios-piloto, selecionados para o estudo porque, na realidade do estabelecimento, geram grandes quantidades ou variedades de resíduos químicos. Os referidos setores compreendem o Laboratório de Biofísica (LB), Laboratório de Patologia (LP) e Laboratório de Bromatologia e Microbiologia dos Alimentos (LBMA). A análise dos indicadores mostrou que os resíduos químicos líquidos inflamáveis são os mais representativos desses três locais, correspondendo a 100 %, 64,5 % e 84,2 % da geração total do LB, LP e LBMA, respectivamente. Os pontos críticos do CSP-UNIFESP estão associados às condições de armazenamento dos resíduos químicos, à baixa participação dos profissionais nos cursos e treinamentos e à percepção dos servidores em relação aos riscos e às propriedades das substâncias.
Palavras-chave

Resíduos químicos. Gerenciamento. Indicadores. Resíduos químicos líquidos inflamáveis. Legislação. Segurança


Download da dissertação completa

  • Twitter
  • Facebook
  • Tumblr
  • YouTube
  • Picasa
  • Snapchat
  • Instagram
  • Linkedin
  • Linkedin
  • Compartilhar
 

Notícias


Mais notícias


 
 

Mapa do Site Mapa do Site

© Copyright 2016 - Centro Paula Souza - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por AssCom