Centro Paula Souza
Governo de São Paulo
  • |
  • |
  • |

Pesquisar

 
 

Tecnologias da Informação Aplicadas




Mestrado em Tecnologia: Gestão, Desenvolvimento e Formação
Autor: Cecília Keiko Adati Tomomitsu
Orientador(a): Profº. Drº. Aristides Novelli Filho
Banca: Profª. Drª. Marília Macorin de Azevedo; Profº. Drº. Francisco Eugenio Barrella
Título: Impacto do Uso de Métodos Àgeis no Processo de Ensino-Aprendizagem de Engenharia de Software

Resumo

A comunidade envolvida com desenvolvimento de software tem enfrentado grandes dificuldades para entregar software de qualidade, no prazo contratado, com todos os requisitos tendo sido contemplados e de acordo com o orçamento aprovado. Em 1968, surge o termo engenharia de software, que, desde então, busca sistemáticas de trabalho para resolver o caráter crônico dessa atividade, que foi denominada de crise de software.

A busca de novas abordagens tem caracterizado a área de engenharia de software que busca sempre a melhora dos processos e produtos de software que tem no modelo clássico, também conhecido como cascata, uma das abordagens mais difundidas desde a década de 70, quando foi comunicada pela primeira vez.

Esse paradigma tem orientado, além da comunidade empresarial, as escolas que têm, nessa abordagem, o referencial para o ensino da engenharia de software, nos seus cursos que envolvem o desenvolvimento de software. Novas abordagens ou derivadas do modelo cascata têm surgido, mas herdam o seu rigor formal, entre outras características.

No final da década de 90, surgem os métodos denominados ágeis, que tiveram grande impulso na sua difusão a partir de 2001, com a publicação do manifesto ágil. Esses métodos caracterizam-se por valores, princípios e práticas que se orientam por uma perspectiva diferente da abordagem tradicional. Enquanto a abordagem tradicional dá ênfase para o processo e documentação rigorosa, a abordagem ágil foca pessoas, iterações curtas com entrega de produtos e leveza do processo.

Diante dessas novas abordagens, este trabalho teve como objetivo verificar o impacto da adoção dos métodos ágeis, no processo de ensino-aprendizagem de engenharia de software, no âmbito dos cursos de tecnologia em processamento de dados.

Os resultados indicam que a adoção da abordagem ágil resulta em melhora no desempenho do aprendiz e na construção dos produtos de software. Outro fato relevante consiste na importância do pré-conhecimento de outras abordagens, para que se possam obter os ganhos esperados da nova abordagem.


Palavras-chave

Métodos ágeis, Engenharia de Software, Modelagem ágil.


Download da dissertação completa

  • Twitter
  • Facebook
  • Tumblr
  • YouTube
  • Picasa
  • Snapchat
  • Instagram
  • Linkedin
  • Linkedin
  • Compartilhar
 

Notícias


Mais notícias


 
 

Mapa do Site Mapa do Site

© Copyright 2016 - Centro Paula Souza - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por AssCom